MARCOS DA COSTA É ELEITO PARA A OAB SP E D’URSO PARA O CONSELHO FEDERAL

Com 59.770 votos, o advogado Marcos da Costa foi eleito presidente da OAB SP para o triênio 2013/2015, na eleição realizada no último dia 29 de novembro. A totalização dos mapas eleitorais foi concluída

nesta segunda-feira (3/12) pela Comissão

 

Eleitoral da OAB SP, embora na sexta-feira (30/11) já fosse possível apontar matematicamente o vencedor. A proclamação dos resultados das eleições será feita nesta terça-feira (4/12), às 16 horas, no salão nobre. Marcos da Costa (Chapa 1 – Trabalho pela Advocacia) obteve 38,38% dos sufrágios dos advogados; seguido por Alberto Zacharias Toron (Chapa 3 – Toron e Rosana – União para Mudar), que recebeu 54.819 votos, equivalente a 35,2% e Ricardo Hasson Sayeg (Chapa 2 – Sayeg, Hermes , Arruda Alvim – OAB 100% você) com 31.864 votos , correspondente a 20.46%. O presidente da OAB SP Luiz Flávio Borges D'Urso foi eleito na Chapa 1 para o cargo de conselheiro federal.

 

MARCOS DA COSTA É ELEITO PARA A OAB SP E D’URSO PARA O CONSELHO FEDERAL

Marcos da Costa comemorou a vitória ao lado de D'Urso, Ivette, Approbato e aliados

Definida as eleições, o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D’Urso, assinou portaria nesta sexta-feira (30/11) criando uma Comissão para Estudar o Voto  Eletrônico dos Advogados, via  Internet, para as eleições de 2015. Segundo D’Urso, a classe se agigantou e  o meio digital pode ser uma forma de vencer as dificuldades de uma votação em uma cidade do porte de São Paulo. “ O voto pela internet facilitaria a vida dos advogados, que poderiam votar de seu escritório, sem ter de se deslocarem, sem gastar tempo e dinheiro ou ficarem expostos às intempéries do tempo. Outra vantagem é apuração instantânea, sem esforço , demora e custo de uma eleição e apuração”, disse D’Urso. O presidente também quer discutir a questão da boca de urna, que muito dificultou o acesso aos locais de votação, além de deixar um grande acúmulo de papéis pela cidade.